Additional Pages
Custom Links
Connect With Us
MD Recursos Humanos | Vaga de Emprego | Chapecó | A importância de empresas reterem talentos
15870
post-template-default,single,single-post,postid-15870,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-9.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

A importância de empresas reterem talentos

A importância de empresas reterem talentos

A retenção de talentos é um conjunto de estratégias, políticas e práticas que as
empresas costumam adotar para manter seus colaboradores por mais tempo na empresa. Em
um mercado que está cada vez mais competitivo, dar importância na retenção de talentos é o
fator fundamental para que as empresas conquistem resultados satisfatórios.

Em tempos de crise econômica, a retenção de talentos pode ser também uma grande
aliada na redução de custos. Afinal, reter talentos significa manter aqueles que trazem
melhores resultados.

Não basta atrair talentos para a empresa, é preciso saber manter as pessoas alertas e
estimuladas. Procure manter um clima harmonioso, valorizando as pessoas, escute e tenha a
intenção genuína de ajudar no desenvolvimento delas. Passe as informações necessárias para
que todos trabalhem juntos, focados em um mesmo objetivo, acredite mais e centraliza
menos.

Quais os benefícios da retenção de talentos?

Ajuda a construir um clima de trabalho agradável: profissionais talentosos são mais
colaborativos, capazes de ajudar outros funcionários que enfrentam dificuldades ou desafios
em suas tarefas diárias. Isso favorece significativamente o bom relacionamento entre todos e,
consequentemente, a harmonia no ambiente de trabalho.

Garante mais engajamento e produtividade: quando uma equipe está alinhada,
trabalhando pelos mesmos objetivos, as tarefas são cumpridas em menor tempo e com mais
qualidade.

Implica em economia para a empresa: quando a empresa demite um colaborador e coloca
outro na posição, é preciso desembolsar recursos para arcar com verbas rescisórias, custo de
admissão do novo colaborador ou eventuais treinamentos de integração que possam ser
necessários.

Garante que a empresa não perca capital intelectual: quando um funcionário mais antigo
ou que ocupa um cargo-chave pede demissão ou é desligado,o profissional leva com ele toda
a expertise que detinha sobre os processos da sua organização.

Fonte: Kenoby, Ana Artigas e Erpa.