Additional Pages
Custom Links
Connect With Us
MD Recursos Humanos | Vaga de Emprego | Chapecó | Como se comportar na entrevista de emprego
15879
post-template-default,single,single-post,postid-15879,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,side_menu_slide_from_right,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-9.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Como se comportar na entrevista de emprego

Como se comportar na entrevista de emprego

 

Quando você é selecionado para uma entrevista de emprego, você precisa pensar no que vai
dizer, como vai se apresentar, estar vestido(a) adequadamente, revisar seu CV, imprimir uma
cópia para entregar ao entrevistador, estudar sobre a empresa e se preparar para as mais
variadas perguntas. E, quando chegar o momento, saber como se comportar na hora da
entrevista:

Pontualidade

Programar-se para chegar no horário combinado para a entrevista é fundamental. Mas e o que
fazer se acontecer algum imprevisto e você não conseguir chegar na hora?
Os entrevistadores sabem que contratempos podem acontecer, principalmente nos grandes
centros. A dica é avisar com a maior antecedência possível que vai atrasar (vale para
pequenos e grandes atrasos), demonstrando cuidado e respeito com o entrevistador.

Esperando na sala

Seja na recepção ou na sala onde acontecerá a entrevista, não precisa parecer um robô:
sente-se confortavelmente, mas sem exageros. O corpo fala e, nessa hora, você quer
demonstrar interesse e energia.
Fique bem acomodado (a) e confortável, sem parecer que está jogado no sofá da sua casa. E
por mais que a ansiedade com a entrevista seja grande, fique sentado(a). Andar de um lado
para o outro, bater o pé ou roer as unhas são atitudes que não vão ajudar em nada, além de
demonstrarem pouco controle emocional.

Chegou o entrevistador

Sempre levante quando o entrevistador entra. Quando o candidato não se levanta, isso pode
ser interpretado como falta de empatia ou de educação.
Cumprimente o entrevistador com um aperto de mão firme (não precisa esmagar a mão, mas
não vale aquele aperto de mão frouxo e desanimado). Na hora de cumprimentar o
entrevistador, mostre um sorriso, uma fisionomia aberta e receptiva, olhe no olho e crie uma
conexão com a pessoa que vai conduzir a entrevista.

Durante a conversa

O melhor é demonstrar que está aberto e preparado, mas deixar o entrevistador conduzir a
conversa e ter flexibilidade para se adaptar. E o jogo de cintura vale também para o estilo da
conversa.
Se as perguntas se tornarem mais agressivas e desafiadoras, mantenha a calma e responda
objetivamente. Pode ser que o entrevistado esteja testando como você se comporta sob
pressão. E se o entrevistador for para o outro extremo, chamando você pelo apelido, usando
gírias e parecendo estar bem à vontade, a dica é adaptar-se sem virar “amigo íntimo”. Você
pode sorrir, mas continue a chamar o entrevistador pelo nome e evite palavrões, mesmo que o
entrevistador os use.

Posso gesticular?

É positivo gesticular, demonstrar emoção na hora certa, mostrar que sente orgulho do que
conquistou. O segredo é equilibrar naturalidade com bom senso, sem exagerar.

Nem pense em mentir

Contar uma mentira, aumentar uma coisinha aqui e outra ali é muito arriscado em qualquer
tipo de entrevista de emprego. O recrutador – lembre-se disso – é uma pessoa treinada para
perceber esses deslizes. Ele faz isso o dia inteiro e tem experiência no assunto.

Perguntas no final

Fazer algumas perguntas sobre a vaga e o momento da empresa (caso o entrevistador não
tenha comentado) mostram que o candidato está interessado. Perguntas como quais são os
desafios daquela oportunidade, se é uma posição nova ou reposição de alguém que saiu e
quais os próximos passos do processo podem pegar bem.
Já perguntas básicas sobre o que a empresa faz (espera-se que o candidato saiba), ou indagar
sobre salário e benefícios antes mesmo de saber se foi selecionado não pegam nada bem.

Seja você na entrevista de seleção

Mesmo que você esteja sob pressão, nervoso, ansioso, tente ser você mesmo na conversa com
o entrevistador. Somente se você se colocar de forma genuína, autêntica e verdadeira é que
será lembrado pela sua individualidade.

O que dizer na despedida

Lembre que a sua postura está sendo avaliada do começo ao fim e não custa nada ser
educado(a). É recomendado despedir-se do entrevistador com o mesmo cuidado do início:
cumprimente firme, olhe no olho e agradeça pela oportunidade.

Fonte: Guia da carreira e Vagas Profissões